Production
https://www.prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132014005000015
Production
Article

Gestão do conhecimento em empresas de consultoria ambiental

Knowledge management in environmental consulting firms

Costanzo, Bruno Pontes; Sanchez, Luis Enrique

Downloads: 0
Views: 107

Resumo

Visando explorar como as empresas de consultoria especializadas em avaliação de impacto ambiental promovem gestão do conhecimento, foram levantadas práticas adotadas por oito empresas desse ramo. O estudo procurou verificar se há relação entre a classificação das empresas segundo o grau de complexidade e a inovação em sua carteira de projetos, com práticas e ferramentas de gestão do conhecimento mencionadas na literatura, com os repositórios internos de conhecimento e com suas experiências relacionadas à criação, troca e retenção de conhecimento. Foram feitas entrevistas qualitativas com integrantes chave dessas organizações. Constatou-se que práticas de socialização do conhecimento são usadas pela maioria das consultorias, mas nenhuma delas, ao concluir um projeto, realiza uma avaliação crítica que possibilite captar as lições aprendidas. Rotinas e procedimentos para transformação de conhecimento tácito em explícito são pouco utilizadas, assim como métodos de combinação de conhecimento. Conclui-se que o nível de diversificação da atuação das consultorias, em relação a mercados e territórios, pode indicar as ferramentas mais apropriadas para essas organizações.

Palavras-chave

Gestão do conhecimento. Empresas de consultoria. Repositórios de conhecimento. Estudos de impactos ambientais.

Abstract

In this study, the managers of eight consulting companies established in Brazil were interviewed to explore knowledge management and the practices adopted by environmental consulting companies specializing in environmental impact assessment. The study sought to verify the existence of a relationship between the degree of complexity and innovation of a company’s project portfolio, along with (i) knowledge management practices and tools mentioned in the literature; (ii) knowledge repositories used by consulting companies; and (iii) their experiences related to knowledge creation, exchange and retention. It was found that knowledge socialization practices were employed by most consultancies, but post-action reviews were not conducted to identify lessons learned. Routines and procedures capable of transforming tacit knowledge into explicit knowledge were not widespread, while knowledge combination practices experienced restricted utilization. The study concluded that the most appropriate knowledge management tools may depend on how diversified such organizations are in terms of both markets and localization.

Keywords

Knowledge management. Environmental consulting. Knowledge repositories. Environmental impact assessment.
5883a4517f8c9da00c8b4894 production Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections